Black Friday é atualmente a data mais esperada pelo e-commerce, mas sabemos que algumas empresas não tiveram a experiência de vivenciar este dia. Eu acredito muito nessa data como uma ótima oportunidade de marketing, não apenas para gerar vendas, mas dependendo do negócio, pode ser usada para captação de cadastros para futuras ações, por exemplo, e nós sabemos como é difícil conseguir aumentar a base de mailing de um e-commerce.

Algumas empresas que fazem parte do Programa E-Commerce Experience operam há aproximadamente 1 ano, por isso não tiveram oportunidade de participar dessa data já estabelecida no calendário do varejo, outras focam em branding e não seguem o caminho de descontos ou queima de estoque.

O interessante é que a Black Friday não deveria ser vista somente como uma oportunidade de vendas, mas como uma ótima estratégia para ganhar novos cadastros, fazer o potencial cliente experimentar o seu produto ou no mínimo ter uma experiência de compra positiva com o seu negócio.

Para novos negócios ou produtos novos no mercado, uma estratégia de Black Friday com foco na experimentação do produto pode ser a melhor opção. Esta também foi uma das apostas dos e-commerces do Programa E-Commerce Experience.

Veja alguns resultados compartilhados:

Estrela

Foi a primeira Black Friday da Estrela. A empresa ofereceu de 12% a 66% de desconto em produtos selecionados, além de 5% de desconto nos pagamentos feitos por boleto. E 22% do portfólio estava em oferta na Black Friday, o que no site durou de 24 a 26 de novembro e nos marketplaces (Mercado Livre e Shop Fácil) até o dia 01 de dezembro.

O pico de audiência foi no dia 24, quando a Estrela registrou um volume de acessos 80% maior que no dia anterior. Além disso, 54% dos pedidos de novembro vieram dos três dias de ofertas. Em uma análise diária, a Estrela teve 50% dos pedidos fechados na sexta, 31% no sábado e 19% no domingo.

Dos pedidos feitos pelo site, 50,5% vieram de cartão de crédito e 49,5% de boleto. Posts, banners no site, Search e display foram algumas estratégias de marketing e mídia usadas durante o período. O ROI (Retorno sobre Investimento) de mídia foi de 10. O faturamento, que é feito toda manhã, foi feito também no período da tarde.

No sábado (25 de novembro), a operação logística trabalhou para empacotar e despachar pedidos.

Veromobili

A estratégia da Veromobili, e-commerce de móveis com design inovador, foi “aquecer” as vendas com uma “Pré-Black Friday”. Eles apostaram ações e ativações da base de clientes com formulários e na captação de e-mail pelo Facebook e banner no site. A Black Friday oficial aconteceu nos dias 23 e 24 e, segundo a empresa vendeu sete vezes mais que um dia normal.

Nestes dias as estratégias estiveram focadas na segmentação de e-mail marketing – o que garantiu os acessos e a venda de certos produtos de acordo com as respostas dos formulários. O Stories (Instagram) também fez parte da estratégia com o objetivo de gerar “buzz”. Os maiores picos foram na quinta anterior à Black Friday às 14h e na sexta às 11h.

Sambapix

A Sambapix, um e-commerce de fotos personalizadas, aumentou em 125% a produção em comparação a 2016. As principais estratégias usadas foram: a antecipação das negociações com o principal fornecedor – que começaram 3 meses antes da Black Friday – o que ajudou a praticar condições de venda inéditas na história da marca, a oferta antecipada para os melhores clientes (um dia a mais de oferta), a segmentação da base de clientes para reforçar as ofertas e o uso massivo das redes sociais para divulgar ofertas na sexta-feira, sábado e domingo.

Armarinho São José

A Black Friday do Armarinho São José que comercializa mais de 45 mil produtos para artesãos profissionais, aconteceu de quinta-feira à domingo. Segundo estimativas da empresa, a taxa de conversão teve um crescimento de 18% e o acesso via redes sociais cresceu 122%. O resultado foi significativo: os produtos encalhados “giraram” e a conversão foi maior em todas as mídias (CPC, e-mail, social media), além da conversão orgânica.

Geração Pet

Este ano a empresa teve uma semana inteira muito melhor que o ano passado – quando as vendas se concentraram mais em um único dia. Por ser um período maior, as vendas aumentaram consideravelmente também no balanço geral.

A Geração Pet apostou no “spoiler” de alguns produtos durante a Black Friday. Todas as promoções foram realizadas em parceria com fornecedores, portanto a margem permaneceu intacta (na verdade melhorou comparando com o ano passado). Mais de 50% dos produtos entraram na Black Friday e mesmo com descontos mais modestos (5 a 15%) produtos de alta recorrência como ração tiveram uma saída muito boa.

A empresa contou que, de modo geral, o consumidor reconheceu como uma boa oferta, comprou e não saiu reclamando pois percebem como é difícil ter desconto em produtos como ração.

Quintal Cosméticos

A Quintal Cosméticosmarca de dermocosméticos naturais vendeu em apenas um dia mais do que um mês comum. Na Pré-Black Friday a marca convidou uma farmacêutica para tirar dúvidas ao vivo (Live) e fazer atendimento 24 horas.

Além disso usaram a animação do Stories para atingir o público, e-mail marketing segmentado para recuperar as vendas por boleto que ainda não haviam sido pagas, cupom de desconto personalizado e frete grátis para quem assistiu o Live.

 

Artigo originalmente publicado no E-Commerce Brasil.

Leave a Reply