Eventos

E-commerce Experience arrancou em Lisboa com mais de 700 profissionais

By Outubro 3, 2018 No Comments

Mais de 700 profissionais do comércio online marcaram presença no Bootcamp E-Commerce Experience, evento de lançamento do programa de fomento E-Commerce Experience, que vai permitir a 20 grandes marcas imergirem num programa global de fomento de vendas online.

O programa global de fomento, formação e aceleração de e-commerce em Portugal, o E-Commerce Experience, tem por objetivo ajudar as empresas participantes a montar e otimizar operações de e-commerce online. O programa contempla vinte empresas, tem a duração de seis meses e potencia o mercado por meio da troca de experiências entre os profissionais, com palestras, workshops e mentorias.

Ao longo de seis meses, haverá espaço para vários encontros para que os empreendedores, executivos e profissionais de e-commerce e marketing em Portugal possam participar. Entre as empresas selecionadas para fazerem parte do programa estão: Worten, O Boticário, Quem disse, Berenice?, Science4you, Sacoor Brothers, Salsa, Delta Cafés, La Redoute, Sportzone, OLX, KnotPekan JewelleryZumubPlanetiersDalifalPrime TradingCuboHotelStreet SurfingMaster Swiss e TNBI.

O Bootcamp marcou a abertura do programa e decorreu quarta-feira no Polo Tecnológico de Lisboa, contando com mais de 700 profissionais da área das vendas online.

O evento contou com a presença do CEO da Google Portugal, Bernando Correia, que moderou um painel sobre as oportunidades de e-commerce em Portugal, afirmou que “Há muita vontade de comprar online e muito trabalho a fazer”, acrescentou, salientando a necessidade de pensar em grande e rápido: “Think big, think fast”.

João Dias, administrador executivo da AICEP, considerou o E-Commerce Experience como uma “grande oportunidade para as PME nacionais”, lembrando que o movimento de importação em Portugal “não é muito saudável”, uma tendência que é preciso “contrariar”.

Jorge Silva Martins, associado na PLMJ Associados, considerou que o “e-commerce tem potencial”, pois “Portugal passa a estar num mercado global”, contudo, reforçou a necessidade de uma “legislação 4.0” e de as “entidades públicas olharem para o e-commerce” para legislarem de acordo.

Por seu turno, Pedro Santos, responsável de e-commerce e mobile da Sonae MC, reforçou que o “e-commerce é uma enorme oportunidade de servir melhor os clientes”, mas lembrou que “os fundamentais são os mesmos: o foco no cliente”.

Pela Undandy, marca portuguesa de fabrico de sapatos customizados e vendidos online, o fundador Rafic Daud lembrou que “o mundo muda muito depressa, especialmente no digital”, pelo que se torna importante “ter uma visão a dez anos e uma execução a 90 dias”. Além disso, sublinhou a importância de “conhecer o consumidor”.

bootcamp contou, ainda, com a presença de Raquel Ribeiro Pereira, responsável de e-commerce da Salsa, que apresentou o case study da marca sobre o desenvolvimento do seu comércio online.

Pela Chronopost, Carla Pereira, responsável de marketing e comunicação, apresentou um estudo sobre o comportamento o português que consome online: segundo os dados da Chronopost, o e-commerce em Portugal representa 8,6% do total das compras, sendo a moda, tecnologia e cosmética os produtos mais apetecidos.

“O programa E-Commerce Experience não podia ter começado da melhor maneira. Tivemos um público muito qualificado neste bootcamp, com profissionais de todas as grandes empresas do retalho, da indústria, agências de publicidade, empresas de consultoria, entre outras. Só por isso, esta primeira edição já está a ser um sucesso”, considera Ariel Alexandre, partner do E-Commerce Experience e que trouxe o programa para Portugal, com Vanessa Caldas.

O E-Commerce Experience decorre em parceria com o Lispolis – Polo Tecnológico de Lisboa, Aicep, Google e E-Commerce Brasil.

Leave a Reply